EPAMIG ILCT realiza exame de seleção para Curso Técnico em Leite e Derivados

(Belo Horizonte, 31/10/2019) A Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) Instituto de Laticínios Cândido Tostes (ILCT) realiza no dia 7 de dezembro, o exame de seleção para o Curso Técnico em Leite e Derivados, referente ao primeiro semestre de 2020. As inscrições podem ser feitas entre os dias 4 de novembro e 4 de dezembro, na secretária de ensino do ILCT ou no site.

Continuar lendo

Representantes do agro participam de audiência pública para discutir o PPAG 2020-2023

Presidente da EPAMIG faz um apelo à destinação de recursos para a pesquisa agropecuária

(Belo Horizonte – 31/10/2019) Durante essa semana, entre os dias 25 de outubro e 1º de novembro, a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) promoveu uma série de audiências públicas para discussão participativa do Plano Plurianual de Ação Governamental (PPAG) 2020-2023. A quarta-feira (30) foi reservada para representantes da agricultura, pecuária e abastecimento, e infraestrutura e mobilidade. O grupo que representou os interesses da agricultura, com maior número de participantes, lotou o local das discussões para, entre outras ações, lamentar o baixo índice de execução das emendas populares ao PPAG apresentadas no ano passado.

Continuar lendo

EPAMIG dá dicas para manejo do greening em épocas de floradas dos citros

A doença, maior ameaça à citricultura mundial, não tem cura e acarreta grandes prejuízos a produtores de frutas cítricas

Frutos com greening. Foto: Divulgação Fundecitrus

(Belo Horizonte – 30/10/2019) Dentro dos pomares de frutas cítricas, o greening, ou Huanglongbing (HLB), é considerado a doença mais destrutiva e a maior ameaça à citricultura mundial. Também conhecida como “amarelão dos citros”, o greening faz com que uma árvore nova não produza ou com que uma árvore adulta, em fase produtiva, sofra perda ou queda precoce de frutos. Descoberto na Ásia há mais de 100 anos, a praga foi identificado no Brasil em 2004. No mesmo ano, o greening também foi encontrado no Triângulo mineiro e em pomares de Ponkan no Sul do estado. Por se tratar de uma doença que ainda não tem cura, manejo e prevenção são as melhores opções para que o produtor lide com a questão sem sofrer com os prejuízos.

Continuar lendo

Produção de pêssegos requer condições climáticas específicas

(Belo Horizonte – 29/10/2019) Com a proximidade do fim do ano algumas frutas ganham destaque nas bancas de sacolões e supermercados. É o caso do pêssego, fruta típica de clima temperado, que tem conquistado espaço nos pomares mineiros. “É possível produzir em algumas regiões que apresentam elementos climáticos específicos como: temperatura, radiação solar e chuva”, explica o pesquisador da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG), Emerson Dias Gonçalves.

Pêssego é uma fruta típica de regiões de clima temperado - Foto Pedro Moura Continuar lendo

Apesar dos desafios de produção, soja em grãos para alimentação humana é cada vez mais popular no Brasil

Cultivares de soja desenvolvidas pela EPAMIG e por parceiros têm o dobro de proteínas que o feijão e pesquisadores veem potencial para que o alimento caia no gosto dos brasileiros

Tropeiro de soja de casca amarela. Foto: Bruno Menezes

(Belo Horizonte – 24/10/2019) Você tem o hábito de consumir ou conhece alguém que consome alimentos a base de soja? Nas prateleiras dos supermercados é possível encontrar extratos, óleos, farinhas, proteínas texturizadas e uma série de outros itens industrializados derivados de soja. Mas o consumo do produto em grãos, acompanhado de outros alimentos do dia a dia, ainda é pequeno no país, embora o cenário já tenha começado a mudar.

O Brasil é o segundo maior produtor de soja do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. Segundo dados da Embrapa, na safra de 2017 a cultura ocupou uma área de 33,89 milhões de hectares, o que totalizou uma produção de 113,92 milhões de toneladas. Contudo, boa parte dessa produção é utilizada para a fabricação de ração para animais, óleo de soja e enviada para o exterior. Fazer com que a soja in natura conquiste o paladar dos brasileiros é um desafio que passa por vários fatores.

Continuar lendo

EPAMIG participa de audiência pública na ALMG e reivindica recursos para pesquisa agropecuária

Participantes de audiência defendem aprovação de proposta que vincula parcela do orçamento do estado de Minas a essa atividade

Foto: Bruno Menezes

(Belo Horizonte – 23/10/2019) O financiamento de pesquisa agropecuária foi discutido em audiência pública na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) na tarde de ontem (22), em Belo Horizonte. A audiência, convocada pela Comissão de Agropecuária e Agroindústria da ALMG, reuniu produtores rurais, lideranças do campo, gestores públicos e prefeitos para reivindicar a destinação de mais recursos para a pesquisa agropecuária em Minas. Além disso, houve o pedido por mais agilidade na aprovação de duas proposições acerca da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG).

O foco da audiência foi a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 4/19, que aguarda parecer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Ela destina pelo menos 10% dos recursos de pesquisas para instituições de pesquisa da área de agropecuária. De autoria do deputado Antonio Carlos Arantes (PSDB) e outros, o texto sugere o acréscimo do parágrafo 2º ao artigo 212 da Constituição do Estado.

Continuar lendo

Congresso discute mercado e desafios para a produção nacional de borracha

(Belo Horizonte, 22/10/2019)  Começou nesta terça-feira, 22 de outubro, no Auditório da Emater – MG, em Belo Horizonte, o 6º Congresso Brasileiro de Heveicultura. O evento, que acontece pela primeira vez em Minas Gerais, tem como objetivo identificar os desafios, propor e encaminhar soluções para o setor produtivo de borracha natural no país.IMG_1727 Crédito Erasmo Pereira Continuar lendo

Minas amplia oferta de plantas alimentícias não convencionais

Hortaliças como ora-pro-nóbis, peixinho, azedinha e bertalha estão mais acessíveis para os consumidores

Capuchinha sem flor. Foto: Samantha Mapa

(Belo Horizonte – 21/10/2019) Você já ouviu falar de serralha, azedinha, bertalha, peixinho, caruru e maria-gondó? É possível que ainda não.  E de ora-pro-nóbis, capuchinha e taioba?  Talvez agora os nomes sejam um pouco mais familiares. Na verdade, todas estas espécies são chamadas de PANC: Plantas alimentícias não convencionais. 

Por muito tempo, as PANC, que também incluem o grupo das hortaliças não convencionais, eram facilmente encontradas nas hortas e quintais de Minas Gerais.  Os anos se passaram e elas cederam espaço para hortaliças que podiam ser produzidas em larga escala, com grande oferta no mercado de sementes e mudas para o cultivo, como é o caso da alface, da couve, do pimentão, do repolho, do espinafre, da couve-flor e muitas outras. 

Continuar lendo

EPAMIG participa do Encontro FrutificaMinas em Montezuma (MG)

(Belo Horizonte, 21/10/2019) Idealizado pela Emater-MG com apoio da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG), o Encontro FrutificaMinas acontece nesta quarta-feira (23), no Clube Águas Termais em Montezuma – MG, das 7h às 12h. Serão abordados temas como pomar doméstico, manejo do pequizeiro, broca-do-tronco do pequizeiro e comercialização de frutas nativas. Criado em 2010, o encontro é parte do programa Circuito Frutifica Minas.

Continuar lendo

Vice-governador, Paulo Brant, faz entrega de 23 automóveis para a EPAMIG

Durante a entrega, Paulo Brant reiterou o compromisso do estado de Minas com a pesquisa, ciência e tecnologia

Foto: Erasmo Pereira

(Belo Horizonte – 21/10/2019) O vice-governador de Minas Gerais, Paulo Brant, esteve presente na manhã de hoje (21) na Sede da Empresa de Pesquisa Agropecuária do estado (EPAMIG), em Belo Horizonte, para realizar a entrega de 21 automóveis de serviço e dois caminhões graneleiros. Paulo Brant foi recebido pela presidente da empresa, Nilda de Fátima Soares, o diretor de Operações Técnicas, Trazilbo de Paula, o diretor de Administração e Finanças, Leonardo Kalil, e por funcionários da EPAMIG.

Os 23 automóveis entregues foram adquiridos com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e somam um investimento de aproximadamente 1,7 milhão de reais. Os veículos seguirão para as Unidades e Campos Experimentais na EPAMIG localizados no interior do estado. A compra dos automotores faz parte do plano de investimento em melhorias na infraestrutura de apoio à pesquisa em todo o estado de Minas Gerais.

Continuar lendo