EPAMIG e Cedagro realizam 6º Congresso Brasileiro de Heveicultura

(Belo Horizonte – 2/9/2019) A Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) e o Centro de Desenvolvimento do Agronegócio (Cedagro) realizam entre os dias 22 e 24 de outubro, em Belo Horizonte, o 6º Congresso Brasileiro de Heveicultura. O evento ocorre na sede da Emater-MG e reúne produtores e empresários do ramo da seringueira no Brasil. As inscrições são limitadas e os valores são variados para profissionais, pós-graduandos e estudantes de graduação. Para mais informações sobre as inscrições, programação e normas para submissão de trabalhos, clique aqui.

O Congresso Brasileiro de Heveicultura (CBH) é um dos mais importantes fóruns brasileiros de inovação tecnológica da área. O objetivo do evento é discutir alternativas capazes de driblar os problemas de desenvolvimento da cadeia econômica da seringa no Brasil. Além de mostrar os avanços do setor, o evento é uma boa oportunidade para se conhecer as demandas do mercado, além de novas oportunidades de negócio.

A programação é diversificada durante os três dias de evento. Já no primeiro dia, o público entra em contato com o cenário atual e as tendências da produção e do mercado da borracha. No segundo dia, palestras com temas atuais acerca da produção de seringueira no Brasil e no mundo serão os destaques, além da apresentação de trabalhos de pesquisa na forma de pôsteres. Para encerrar a 6ª edição do CBH, o terceiro dia de evento traz palestras sobre diferentes aspectos de gestão da produção de borracha.

No Brasil, o estado de São Paulo é hoje o maior produtor de borracha natural, responsável por 58% da produção. De forma geral, o Brasil, centro de origem e da diversidade genética da seringueira, responde por apenas 1,4% da produção mundial do produto, o que equivale a 192 mil toneladas por ano. Em um mercado que cresce em média 2,3% ao ano, e que tende a alcançar um consumo de 505 mil toneladas em 2024, a demanda futura por borracha natural será o foco do 6º CBH.

Em Minas Gerais, a produção de borracha natural está mais concentrada no Triângulo Mineiro e na Zona da Mata. De acordo com o presidente do 6º CBH, Antônio de Pádua, mesmo com o fato de Belo Horizonte estar um pouco distante das principais zonas plantadoras de seringueiras do estado, as expectativas de atração de produtores e empresários para a edição desse ano são boas.

“Trata-se de um evento que integra os agentes da cadeia produtiva da borracha, representados pelos segmentos de insumos, produção, logística, indústria, comercialização, exportação e pelas instituições de crédito, pesquisa, extensão, ensino e fomento. Em linhas gerais, o 6º CBH é uma excelente oportunidade de atualização profissional”, afirma Antônio que também é pesquisador da cultura da seringueira na EPAMIG Sudeste.

Confira abaixo o cartaz do evento com os principais temas que serão abordados. Outras informações estão disponíveis no site www.congressodeborracha.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s