Definida a data da Expocafé 2020

23ª edição da feira ocorrerá entre os dias 19 e 22 de maio em Três Pontas, Sul de Minas

(Belo Horizonte – 20/1/2020) O Conselho gestor da Expocafé definiu a data de realização da feira em 2020. A 23ª edição do principal evento de transferência de tecnologia para a cafeicultura do Brasil vai ocorrer entre os dias 19 e 22 de maio, em Três Pontas, município no Sul de Minas Gerais.

Continuar lendo

Rede Palma distribui e multiplica mudas de palma forrageira no Norte de Minas Gerais

Projeto da EPAMIG em parceria com a Sudene, Emater-MG e Nestlé quer alcançar duas mil famílias em quatro anos

(Belo Horizonte – 17/1/2020) A região semiárida brasileira é caracterizada por longos períodos de estiagem, o que compromete a alimentação dos rebanhos bovinos, ovinos e caprinos. Com o objetivo de oferecer alternativas para resolver esse problema, a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) decidiu criar a Rede Palma, projeto que visa distribuir e multiplicar mudas de palma forrageira em municípios mineiros. O projeto é uma colaboração entre os produtores locais, a EPAMIG e instituições parceiras, como a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater–MG) e a Nestlé.

Continuar lendo

Queijo artesanal da Canastra surpreende especialistas na Itália

Produto de São Roque de Minas recebeu alta pontuação em avaliação de degustadores europeus

Foto: Divulgação Seapa

Depois de ser premiado na França, o queijo artesanal mineiro caiu nas graças dos italianos. Um dos produtos fabricados na região da Canastra foi avaliado por especialistas do país europeu e recebeu nota 88, em escala de 0 a 100, confirmando a excelência mineira na criação da iguaria. O resultado da avaliação foi entregue no último fim de semana, em São Roque de Minas, no Centro-Oeste do estado, e contou com a presença da secretária de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Ana Valentini.

Continuar lendo

Conheça os benefícios das berries, frutas em alta no Sul de Minas

As berries têm propriedades antioxidantes e nutracêuticas. Cultivo orgânico é uma boa opção de renda para produtores do Sul de Minas

(Belo Horizonte – 15/1/2020) O nome “berries” pode soar estranho, mas com certeza você conhece morango, cereja, framboesa, amora… As feiras e supermercados estão repletos de frutas como essas, e até mesmo frutas menos consumidas, como blueberry (mirtilo), gogiberry e cranberry estão em alta. Essas pequenas frutas típicas de clima temperado têm ocupado um espaço cada vez maior na dieta dos brasileiros. Uma boa notícia, pois, além de gostosas, as berries são bastante nutritivas.

Continuar lendo

EPAMIG assina projeto de cooperação técnica com o Zimbábue

Projeto para fortalecimento do setor algodoeiro do país sul-africano prevê viagens de pesquisadores da EPAMIG ao Zimbábue para difusão de tecnologias empregadas no Norte de Minas Gerais

(Belo Horizonte – 14/1/2020) A Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) assinou na última semana um projeto de cooperação técnica com representantes do governo do Zimbábue. O projeto, coordenado no Brasil pela Agência Brasileira de Cooperação (ABC), prevê capacitação e transferências de tecnologias brasileiras em algodão para o país sul-africano.

Além da EPAMIG como empresa parceira do projeto, o quadro de instituições técnicas brasileiras é composto pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG) e pela Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo (SAF), órgão ligado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Continuar lendo

Programa Certifica Minas intensifica atuação em 2020

Objetivo é conscientizar produtores e consumidores sobre a importância dos produtos certificados

As mais de mil certificações emitidas em 2019 pelo programa Certifica Minas comprovam os bons resultados do trabalho coordenado pela Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e realizado pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA)Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater) e Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig).

Continuar lendo

EPAMIG promove Palma Tech para difundir cultura da palma forrageira

(Belo Horizonte, 9/1/2020) A palma forrageira tem sido uma excelente alternativa para alimentação do gado durante o período de seca no semiárido mineiro. Por esta razão, a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais – EPAMIG prepara para mês de setembro o “Palma Tech”. O evento, que será realizado no município de Janaúba-MG, tem o  objetivo de reunir pesquisadores, técnicos, produtores, estudantes e demais interessados para repassar informações tecnológicas, promover discussões sobre o tema e definir estratégias.

Continuar lendo

Azeite de abacate é alternativa para alimentação mais saudável

Extraído por pesquisadores da EPAMIG por meio de um sistema de centrifugação, o produto tem alta qualidade nutricional e pode substituir o azeite de oliva

Foto: Alex Silva

(Belo Horizonte – 8/1/2020) A Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) é pioneira na extração de azeite de oliva extravirgem no Brasil. Mas o que fazer com o maquinário ao longo do ano, uma vez que a colheita das azeitonas ocorre apenas no primeiro semestre? O desafio, aceito por um grupo de pesquisadores da empresa, resultou em um azeite bem fino, semelhante ao de oliva, mas extraído do abacate.

O azeite de abacate é produzido por meio de um sistema especial de centrifugação. O produto, desenvolvido no município mineiro de Maria da Fé, pode ser usado para fins comestíveis ou para a obtenção de compostos com azeite de oliva em substituição às misturas feitas com outros óleos vegetais, a exemplo do óleo de soja.

Continuar lendo

Aprenda a cultivar e preparar chuchu-de-vento, PANC com propriedades medicinais

Bastante conhecida e consumida na região Norte de Minas Gerais, o chuchu-de-vento contém propriedades medicinais purgativas, anti-inflamatórias, hipoglicemiantes e redutoras do nível de colesterol

(Belo Horizonte – 7/1/2020) Você já ouviu falar de um fruto comestível chamado chuchu-de-vento? Diante do nome incomum, é de se esperar que o fruto faça parte do grupo de Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC). Mas, embora desconhecido pela maioria, o chuchu-de-vento é bastante conhecido e consumido na região Norte de Minas Gerais e no Vale do Jequitinhonha.

O chuchu-de-vento é o fruto de uma planta trepadeira de nome científico “Cyclanthera pedata”, originária da América do Sul. Em Minas Gerais, a Empresa de Pesquisa Agropecuária do estado (EPAMIG) atua na pesquisa e no resgate de saberes e histórias de hortaliças não convencionais como o chuchu-de-vento. Além do uso do fruto como alimento, a planta contém propriedades medicinais purgativas, anti-inflamatórias, hipoglicemiantes e redutoras do nível de colesterol.

Continuar lendo

Umbu é alternativa de renda para produtores do Norte de Minas

Produção do fruto no Norte de Minas começou a crescer após a EPAMIG iniciar estudos, em 1996, para deixar o umbu maior e mais saboroso

Foto: Leo Queiroz

“O umbuzeiro precisa de expansão do mercado consumidor, através de uma divulgação maior do fruto”. A orientação é do engenheiro agrônomo e pesquisador da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG), Nívio Gonçalves, especialista na produção de umbu. 

O pesquisador aponta que, principalmente na região Norte de Minas, o fruto merece mais destaque, pois é uma fruteira endêmica da Caatinga e fundamental no processo de desenvolvimento da agricultura familiar, tanto pela facilidade no plantio quanto pela certeza de colheita, já que é resistente à seca e às altas temperaturas.

Continuar lendo